19
Sáb, Ago
1 Novas matérias

Principais artigos

Grid List

Pela primeira vez em muitos anos a Prefeitura Municipal de Ribeira anunciou nesta terça-feira (21), que a programação do Carnaval de rua mais famoso da região será comemorada em apenas 3 dias, dos normais 5 das edições anteriores.
Segundo a Prefeitura os dias mais movimentados são exatamente os que ficaram, Sexta, Sábado e Domingo.

O final de semana de folia carnavalesca começa no dia 25 as 23h00, na avenida principal onde as marchinhas de carnaval se juntam as grandes musicas do cenário nacional e ao lado da Praça Municipal onde os mais jovens preferem ficar e dançar ao som de muita musica eletronica, pop e funk carioca.

No Sábado as 16 horas, tem a já tradicional Corrida da Cerveja onde os participantes passam por uma corrida cheia de dificuldades e ainda tem que beber muita cerveja o mais rápido possivel e no Domingo, também as 16h00, o Jogo das Estrelas, que unirá o bloco "Os Teimosos" contra o bloco "Os Pikafumo". A animação deve ficar por conta da Banda G2 no palco principal e na tenda o DJ Sandro Almeida (São Paulo) ambos nos três dias.

Imagem: Reprodução

 

Mas Ribeira não ficará quieta por completo na quinta e nem na segunda de ressaca, bares locais já anunciaram que estarão eles mesmos fazendo eventos para agitar as noites pré e pós carnaval.

O A50 e toda sua equipe estará cobrindo o evento completamente, com matérias, reportagens, transmissões ao vivo, entrevistas, fotos, etc.

Confira abaixo o cartaz de cobertura do A50 para o Carnaval 2017 de Ribeira.

O Grito de Carnaval 2017 deve agitar fim de semana em Adrianópolis. 

Marcado para uma noite única, sábado 18 de feveiro, hoje, a festa que já virou tradição no pré carnaval, que antecede a grande festa de Carnaval de Ribeira, ( que esse ano também deve ser mais curta), traz ao palco na Praça Central, Antonio Dias Agibert, a banda Carnasampa. O evento está marcado para começar as 22 horas e provavelmente vai atressar a madrugada levand o melhor do axé e das marchinhas de carnaval tipicas.

O A50 irá fazer a cobertura e o Click A50 irá tirar as melhores fotos da festa. Nos vemos lá!

Um dos principais nomes do Sertanejo e a voz e alma da MPB e da Black Music do Brasil e também uma nova dupla sertajena que vem conquistando o publico.

Sandra de Sá

Ela é a referencia principal do que a voz grave e potente pode presentear nossos ouvidos, indiscutivelmente um dos maiores nomes da MPB que trouxe essa mistura tão perfeita e tão aveludada aos nossos ouvidos, Sandra de Sá é, sem duvidas, uma lenda viva da cultura musical mundial, um patrimônio da humanidade, ela começou na década de 80 no MPB 80 da Rede Globo, apresentando a canção, que mais tarde se tornaria titulo de seu primeiro album, "Demônio Colorido". Introduziu ao mundo a Musica Preta Brasileira, um trocadilho com a sigla MPB, Grande engajamento com ações sociais, como ajuda a comunidades quilombolas e afetados por enchentes, Sandra é um nome ativo da cultura, música, de entretenimento e social do país.

Seu show levou nostalgia, energia e irreverência ao publico que cantou seus maiores sucessos como "Joga Fora No Lixo", "Retratos e Canções", "Solidão", "Enredo do Meu Samba", "Picadinho de Macho", "Bye Bye Tristeza" entre muitos outros...

Ao final, ela deu uma entrevista ao A50 dizendo onde sua maior energia está ser feliz, independente do estado emocional do momento e ser do bem e que espera que o povo de Ribeira, continue com essa energia positiva e receptiva.

Confira o video com os melhores momentos do show e a entrevista dela no final:

Almir Sater

Um dos artistas mais completos da musica brasileira chega para um show cheio de versatilidade, agregando a sonoridade da viola de 10 cordas, algo bem enraizado e caipira, do qual ele é responsável por sua preservação, um artista eclético e contemporâneo traz em sua turnê boas culturas de folk, rock, musica folclórica e erudita, tudo bem atemporal, sem deixar a musica caipira raiz de lado, bem pelo contrario, incorporando-a de forma única e inesquecível. 

Entre seus maiores sucessos está "Chalana", "Cabecinha no Ombro", "Trem do Pantanal", "Tocando em Frente", etc...

Com um show mais parado Almir Sater abriu line-up e levou fãs de seus trabalhos na televisão, como ator e obviamente como cantor.

Confira os melhores momentos do show em nosso vídeo.

 

Dani & Danilo

Eles colocaram todo mundo para dançar com suas músicas autorais e cover de outras bandas famosas. 

Seu enredo trouxe sertanejo de raíz e canções mais contemporâneas.

Confira os melhores momentos do show de Dani & Danilo em Ribeira:

 

Os tradicionais Baile de Gala e Baile da Amizade devem ser o point principal da região nesse final de semana, com a melhor cena noturna da região Ribeira, ao completar 106 anos oferece um brinde em alto estilo aos seus cidadãos e vizinhos, com a New York Banda Show que já é beeeeeemmm conhecida de Adrianópolis e Ribeira, A banda deve trazer sucessos nacionais e internacionais com várias trocas de roupas, dançarinas(os) e cenários com o melhor do entretenimento.

O Baile de Gala irá acontecer no dia 28 de outubro, sexta, à partir das 23h30;

Já o Baile da Amizade será no sábado, 29 de outubro, também à partir das 23h30.

Obviamente você terá toda a cobertura aqui no A50 / A Folha.

O Colégio Estadual Santa Barbara, o CESB, sediou nessa segunda-feira (10 de outubro), o último dos eventos dos 162 anos da Polícia Militar do Paraná. O evento contou com 60 componentes da Banda da PMPR e também com oficinas das atividades desenvolvidas pela PMPR como BOPE, Meio Ambiente, desarmamento de bombas, choque, cavalaria, carros entre outros para o conhecimento da juventude estudantil e de toda a comunidade.

Fizeram-se presentes alunos e docentes das escolas municipais e estaduais, além de membros de toda a população e representantes e autoridades como o Prefeito em exercício João Manoel Pampanini e Srª, Prefeito Eleito para gestão à iniciar-se em 2017 Alcides Bassete e Sr.ª, seu Vice Vandir Veterinário, o Chefe do Núcleo Regional de Educação da Área Metropolitana Norte, Angelo Mortella junto com representantes da SEED-PR e Major da PM.

O CESB também apresentou atividades culturais como trabalhos artesanais feitos pelos alunos no dia-a-dia escolar e uma mini-orquestra com coral apresentando músicas enaltecendo Adrianópolis e o Vale do Ribeira. Com parceria da Prefeitura Municipal de Adrianópolis, o CESB ofereceu um almoço e coffeebreak aos visitantes e kit lanches para os alunos.

 

Dando continuidade às ações relacionadas ao nono digito, os celulares dos estados do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul irão contar com mais um digito na frente do seu já existente número a partir do dia 06 de Novembro.

Os estados do Sul são os últimos do país à receberem a atualização de acréscimo do número 9 em sua base.

As ligações originadas  de outros DDDs, para os celulares desses três estados, a partir dessa data deverão  serem feitas da mesma forma que já eram feitas anteriormente, porém com a inclusão do numero 9 na frente, por exemplo:

Antes você discava: 0 + XX (código da operadora) + DDD + XXXX-XXXX (número desejado);

Depois do dia 6/11, você irá precisar adicionar o 9 desta maneira: 0 + XX + DDD + 9 (nono digito) + XXXX-XXXX.

O mesmo ocorrerá com o envio de SMS e MMS. No WhatsApp também será preciso atualizar os números.

As operadoras devem disponibilizar aplicativos para atualizarem automaticamente os telefones de seus contatos em seus celulares.

Após mais de quatro meses fechado, reabriu no último dia 18 de maio, o Cartório Distrital do município de Adrianópolis - PR.

Foi nomeado para a função o até então advogado, Dr. Bernardo Zanellato Vicentine, que assume a vaga deixada em aberto desde o início do ano, quando o antigo Cartorário, Dr. Jader Luiz Ribeiro, foi transferido para a comarca de Francisco Beltrão, no sudoeste do estado.

Segundo o Dr. Vicentine os trabalhos continuam os mesmos, mesmo com o grande acúmulo de serviço devido ao interrompimento do atendimento. 

O Cartório continua no mesmo endereço, na Rua Jacinto Staub, nº 8, no centro. 

Já o horário de funcionamento mudou, agora é de segunda a sexta-feira, das 09h00 às 11h30 e das 13h30 às 17h00.

O Grupo Escoteiro Paranaí 321 se prepara para realizar neste sábado, dia 20, o EducAÇÃO ESCOTEIRA, um projeto dos Escoteiros do Brasil que será realizado anualmente, sempre no terceiro sábado do mês de maio, executado dentro de espaços de instituições de ensino, oferecendo aos estudantes a oportunidade de interagir com crianças, adolescentes e jovens do Movimento Escoteiro em atividades de alto valor educativo. A ideia central do projeto é levar o Grupo Escoteiro ou Seção Escoteira Autônoma para dentro da escola, na mesma data, em todo o Brasil, a expectativa dos Escoteiros do Brasil é chegar à 1.200 estabelecimentos de ensino simultaneamente nesse sábado, quando será realizada a primeira edição do evento.

Foto: Divulgação.

O GE Paranaí 321 escolheu a Escola Estadual Diógenes Ribeiro de Lima, na cidade de Ribeira para realizar a ação deste ano, o evento ocorrerá das 14 às 16 horas deste sábado dia 20 de maio, aproveitando o já em andamento Projeto Escola da Família que a Escola Diógenes já realiza aos finais de semana. 

Segundo a Chefe Sênior do GE, Tatiane Pogogelski, grupo foi fundado em outubro de 2013 através de um Projeto do Estado do Paraná, o Escotismo na Escola, com somente uma tropa de Escoteiros de 11 à 14, em janeiro de 2016, com o fim do Convênio entre Governo do PR e União dos escoteiros dos Brasil, o projeto foi desvinculado, porém o GE Paranaí 321 não encerrou as atividades, pelo contrário vem crescendo desde então, em 2016 foi criado a tropa Sênior com jovens de 15 á 18 anos e agora em 2017 foi criado a primeira Alcatéia, os Lobinhos que tem de 6,5 à 10 anos.

O Escotismo é um movimento educacional que, por meio de atividades variadas e atraentes, incentiva os jovens a assumirem seu próprio desenvolvimento, a se envolverem com a comunidade, formando verdadeiros líderes. Eles acreditam que, por meio da proatividade e da preocupação com o próximo e com o meio ambiente, pode-se formar jovens engajados em construir um mundo melhor, mais justo e mais fraterno.

Quem tem interesse no projeto e no grupo de Escoteiros podem utilizar o Facebook do GE Paranaí 321 para entrar em contato.

Josias de Matos Freitas vulgo "Cartucho" de 23 anos, acusado de matar Anderson Vinicios de Souza da mesma idade, em um crime que chocou a pacata cidade de Adrianópolis, está nesse exato momento no Cartório da Delegacia de Bocaiúva do Sul onde está confessando o crime e dando todos os detalhes e principalmente o motivo do crime.

Em entrevista ao A50, o Delegado Mario Bradock disse que o crime foi solucionado e encerrado, Josias atirou e matou Vinicios com a própria arma da vitima, e depois cortou a sua cabeça, José Luiz teria atirado no corpo com ele já sem vida e ajudado na ocultação do cadáver.

O Motivo
Embora a principal linha de investigação tivesse sido o esquema do PRONAF (Programa de Fortalecimento da Agricultura Familiar), onde há suspeitas de que Vinicios seria um "laranja" da quadrilha que usa o programa para fins de enriquecimento ilícito, "...eles contratam pessoas para serem 'laranjas' e dar entrada no PRONAF, pegam valores altíssimos de mais de 250, 300 mil reais e dão para esses laranjas 60, 80 mil e ficam com o resto", porém a hipótese de que esse crime em sí tenha sido uma queima de arquivo, foi descartada.

O real motivo teria sido uma "richa antiga", Josias e Vinicios já estudaram juntos, jogavam bola juntos e o temperamento de Vinicios, sempre explosivo teria gerado um ódio contido por muitos anos, que na noite de quinta-feira (9), chegou a uma vingança jamais vista na cidade. "o menino que faleceu era briguento, até quando iam jogar bola e tinha uma entrada meio forte nele, ele já parava e queria partir pra cima brigar, e tal, ele andava sempre armado, e nesse dia ele estava com duas armas, na hora que ele convidou os meninos para irem caçar, ele passou uma arma pro cara que atirou nele.., ...o cara aproveitou e atirou com a própria arma da vitima." conta Bradock. "devido ao uso de álcool, drogas e ele ainda estava com aquele sentimento de vingança, foi um momento de loucura" continua.

Na entrevista que Cláudio Santos, dono do bar onde os três estavam, deu ao A50 no Sábado, ele contou que os dois suspeitos saíram de lá muito bebados e já haviam chego no estabelecimento sobre efeitos de drogas, o que intensifica a confissão dos dois assassinos. 

Cada um vai a julgamento e poderá pegar até 25 anos de prisão.

No Sábado dia 11 de Fevereiro, José Luiz de Pontes de Lima, já havia confessado o crime, e deu a mesma versão do motivo, porém a policia ainda trabalhava com outras duas linhas de investigação.

Ainda segundo Bradock, as investigações agora estão encerradas, "temos os elementos presos, temos o motivo e temos as armas presas, agora já está concluso".

Ao ser questionado sobre a investigação do PRONAF, Bradock disse que as investigações seguem, mas agora separadamente. Não querendo citar nomes, Bradock disse estar envolvidos pessoas grandes no esquema, até pessoas de dentro de uma agência do Banco do Brasil.

Adrianópolis, 11 de fevereiro. Com apenas 48 horas de investigação a Polícia Civil de Bocaiuva do Sul comandada pelo Delegado Bradock, conseguiu iniciar as investigações, prender os suspeitos e ainda conseguiram a confissão de um dos dois criminosos do bárbaro crime que chocou Adrianópolis
O rápido trabalho e desenvolvimento das investigações da Polícia Civil começou assim que chegaram ao local na noite de quinta-feira (10).

O primeiro suspeito preso foi José Luiz de Pontes de Lima de 30 anos, foi preso em sua casa, no mesmo bairro onde aconteceu o crime. Segundo Bradock, ele acabou comentando com uma outra pessoa o que havia acontecido e isso foi determinante para chegar aos suspeitos. O segundo e principal suspeito, acusado de ter atirado em Vinicios, Josias de Matos Freitas vulgo Cartucho de 23 anos, tentou fugir da cidade, logo depois de terem descoberto o corpo, segundo agentes da saúde, ele deu o nome para viajar à Curitiba com o ônibus da saúde que saiu as 4 da manhã da sexta-feira (11). 
Com a rápida ação, o ônibus foi parado por policiais em Bocaiúva do Sul e Cartucho acabou sendo preso em flagrante. 

 

Na delegacia, ao ser interrogado, José Luiz confessou o crime e contou com detalhes como foi toda a ação, desde o disparo até a decapitação e o ocultamento do cadaver. 

O A50 entrevistou o Delegado Bradock com exclusividade, na tarde deste sábado (11). Confira um trecho:

A50: O Josias "Cartucho", confessou o crime também?

Bradock: Não, o cara agiu e tem sangue frio, ele só debocha, da risada na nossa cara e não fala nada. 

A50: No momento que antecedeu o crime, houve discussão, briga ou ameaça?

Bradock: Nada! O Vinicios foi pego de surpresa com um tiro por trás. Não houve nada de discussão, foi brutalidade e covardia. Sem chance de defesa. 

A50: Houve apenas um tiro? Levantamos que havia golpes na cabeça também, isso é correto?

Bradock: Exato! Aparentemente foram dois golpes de facão ou um de facão e um de enxada. Somente a perícia pode nos dizer. 

A50: Eram somente os dois juntos com o Vinicios na hora do crime mesmo ou havia um terceiro cúmplice?

Bradock: O que ele relata é que eram apenas os dois, porem, eu não descarto a hipótese de ter havido mais pessoa, na verdade até acredito que havia um terceiro sim. Mas vamos continuar as investigações na segunda-feira (13).

O motivo que levou a morte e decapitação de Anderson Vinicios continua um mistério.
Mas já sabemos que existem duas linhas de investigação.
A primeira é que possa ter sido um crime passional, que é quando um crime é praticado por paixão doentia, quando a pessoa perde o controle de suas ações, que mata ou manda matar por ciúme, sentimento de traição ou vingança.
Se esse caso se confirmar haveria então um terceiro suspeito que teria encomendado o crime. 
A Polícia até já tem um nome, mas não podemos divulgar por sigilo das investigações. 

Ou o motivo teria sido por acerto de contas.

Os dois criminosos encontram-se presos em flagrante na carceragem da Delegacia Local de Bocaiuva do Sul a disposição da Justiça e responderam pelo crime de Homicídio Qualificado e Ocultação de Cadáver podendo pegar mais de 25 anos de cadeia cada um dos autores do crime.

 

 

ADRIANÓPOLIS, 11/02/2017 - Um crime bárbaro chocou a pacata cidade de Adrianópolis na Grande Curitiba, o corpo de Anderson Vinicios de Souza Santos de 23 anos foi encontrado decapitado a beira do rio Ribeira de Iguape, no bairro Vila Mota

Foto: Reprodução

Aparentemente Vinicios convidou três outros homens, que estavam bebendo em um bar para irem caçar, dois deles tinham aceito e ficaram esperando Vinicius enquanto ele voltava em casa para trocar de roupa e pegar sua arma.

Vinicios deixou sua moto na casa de um amigo, como sempre fazia quando ia caçar, e eles entraram em uma mata fechada, seguindo uma trilha, caminhando em torno de 1 km da estrada, mata a dentro, por volta das 23h30 da noite.No dia seguinte, seu amigo, notou que a moto ainda estava lá e resolveu procurar Vinicios, achando o corpo do jovem já sem a cabeça.

Seu corpo foi deixado na beira do Rio enquanto sua cabeça, que só fora encontrada um dia depois do corpo a cerca de 3 metros de onde estava o corpo. A Polícia ainda está investigando o que aconteceu, mas já se sabe que Vinicios levou um tiro na cabeça antes de ser decapitado.

Muito abalados, seus amigos e familiares contaram ao A50 que Anderson Vinicios era quieto, não bebia, não fumava e não usava nenhum tipo de droga, que ele era quieto, as vezes um pouco esquentado e meio valente, mas sempre na dele e procurava evitar brigas. Segundo Carolina Santos, namorada da vitima “Ele sonhava em ter uma filha”, relacionamento durava a 7 anos, “eu implorei para ele não ir” relata a jovem.

Já os principais suspeitos, que foram com ele na mata, eram usuários e já saíram do bar, bêbados segundo testemunhas. “Eles usavam drogas constantemente…, …saíram daqui já muito bêbados” conta Cláudio Santos, dono do bar onde eles combinaram de ir caçar. “menos o Vinicios, ele não bebe e não fuma” completa o comerciante, que foi um dos últimos a ver Vinícios com vida.

Segundo o delegado Mario Bradock da Delegacia de Bocaiúva do Sul, responsável pela investigação do crime, há quatro rapazes sendo investigados e duas linhas de investigação. Uma seria um desacerto comercial e outra uma questão de crime passional. 

Havia uma marca de tiro na cabeça e alguns hematomas de golpes. 

O corpo foi enviado ao IML - Instituto Medico Legal de Curitiba e o enterro deve acontecer na tarde de sábado, dia 11/02 no Cemitério Municipal de Adrianópolis.

No dia 20 de outubro, Ribeira, no estado de São Paulo, completou seus 106 anos e o Prefeito Jonas Batista junto com o Presidente da Câmara Mário Oliveira, realizaram a sessão solene para comemorar a data e também homenagear o senhor José Ernesto de Oliveira, ex Vice-prefeito, ex-presidente da câmara e por várias vezes vereador da cidade de Ribeira. 

Prefeitos e vereadores de Ribeira na Sessão Solene dos 106 anos da cidade. Foto: José Armando Moreira

Foram relembrado seus esforços e suas benfeitorias a cidade e aos cidadãos ribeirenses. Além de lhe presentear com uma placa. 

Ex-vice prefeito e ex-presidente da câmara José Ernesto
de Oliveira recebendo a placa em sua homenagem pelo
atual Presidente da Câmara, Mario Oliveira.
Foto: José Armando Moreira.

Tambem se fizeram presente outros vereadores, autoridades e lideranças municipais, músicos de apiai, além da própria população que prestigiaram o evento. 

 

Placa de homenagem a José Ernesto de Oliveira. Foto: José Armando Moreira.

Neste ano, a WWF realizará a mobilização "Hora do Planeta" no sábado dia 29 de março, durante 60 minutos pessoas do planeta inteiro irão apagar as luzes de suas casas, trabalhos, monumentos e paisagens de cidades e contribuir de alguma forma com o movimento.

 

 

Esse ano, atores do filme "O Espetacular Homem-Aranha 2: A Ameaça de Electro", como Emma Stone (Mary-Jane Watson no filme), Andrew Garfield (O Homem-Aranha) e Jamie Foxx (que vive o terrivel vilão Electro) gravaram vídeos especiais para a Hora do Planeta, onde ressaltam a importancia de mostrar o seu poder na hora de defender o planeta de sua principal ameaça: efeitos climaticos ocasionados por intervenção humana!

Das 20h30 até as 21h30 (horario local de cada país) as pessoas estão sendo convidadas a apagarem suas luzes em um ato simbolico para apoiar essa causa. Empresas, cidadãos, escolas e cidades do mundo inteiro já confirmaram a participação na Hora do Planeta de 2014, incluíndo A Folha de Adrianópolis, que pelo 4º ano consecutivo (Adrianópolis na Hora do Planeta 2010 | Adrianópolis participou da Hora do Planeta 2010 | Atitude na Hora do Planeta 2011) participa ativamente da Hora do Planeta. (ver lista de empresas confirmadas no site da WWF)

 

 

Todos podem participar, e é muito importante mostrarmos aos governantes do mundo todo, que nós queremos mais atenção com a saúde do planeta! Não esqueça de apagar sua luz!

 

A Folha de Adrianópolis convida você a participar ativamente do maior evento do mundo em prol à proteção ao planeta, contra as mudanças climáticas. Neste sábado às 20h30, apague as luzes da sua casa por 60 minutos, em um ato simbolico que une pessoas no mundo inteiro.

Confira importantes informações nos links a seguir:

Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

 

Outono - A Estação que está só começando...

O Outono iniciou-se ás 13h57 do dia 20 de março de 2014. Sendo uma estação de transição entre o verão e inverno, verificam-se características de ambas, ou seja, mudanças rápidas nas condições de tempo, maior frequência de nevoeiros e registros de geadas em locais serranos das Regiões Sudeste e Sul. Mas, afinal... O que esperar do OUTONO 2014?

A definição do dia e do horário para início de uma estação faz parte da astronomia. Mas como as estações são subdivisões do ano baseados em padrões climáticos, temos uma ligação direta com a meteorologia. A terra gira em torno do sol, e sua inclinação faz com que, em certas épocas do ano, um hemisfério receba a luz do Sol por um tempo maior do que o outro hemisfério. Isto é a principal causa das estações do ano: primavera, verão, outono e inverno. Com a mudança das estações do ano, mudam nossas escolhas, nossas emoções, as tendências da moda, as vestes, calçados, corte de cabelos, enfim esperamos com grandes expectativas todas essas novidades. Mas na verdade, lá no fundo da alma carregamos aquela esperança que nos move a acreditar na vida, a superar as perdas, a entender que esta é a Estação da Renovação, do Recomeço!

 

A Natureza toda se transforma, os ventos , a chuva, as nossas emoções e os amores... Lembram da canção Amor de Outono? Sandy e Junior já cantavam: "No outono é sempre igual, as folhas caem no quintal. Só não cai o meu amor pois não tem jeito, é imortal!" E a vida segue,...O tempo passará! A cura interior das dores, das magoas E dos sofrimentos é que limpam o coração! Só prevalecerá o que for verdadeiro!

FELIZ OUTONO! (Por Lúcia Santos)..



A Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Turismo de Adrianópolis, propõe integrar este município ao Projeto “Desafio Ambiental dos Correios”, visto que conta com uma Agência do Correio na cidade.

Considerando que estamos na data de aniversário e das festividades dos 52 Anos de Adrianópolis, aproveitamos para incluir junto às atividades planejadas para a comemoração alusiva ao Aniversário da cidade e em parceria com os Correios realizarmos o Plantio de Mudas- (Espécies Nativas da Mata Atlântica).

Sendo assim, determinamos as seguintes atividades:

1- Escolha de dois bairros do Município e a participação de duas escolas com a participação de 15 alunos cada uma, os quais deverão colaborar na ação do Plantio e Monitoramento das Mudas.

2- A s datas e locais e horários para a realização do Plantio será:

26/07/2012-Escola Estadual Porto Novo-Bairro Porto Novo com horário previsto para as 16h30min.

27/07/2012-Escola Estadual Selbmann- Bairro Vila Mota á partir das 16h00h.

3-Caberá o plantio de 15 mudas para cada escola que deverá ser feita por 15 alunos de cada Unidade escolar.

Os Correios aumentam sua colaboração para o desenvolvimento sustentável do planeta ao aprovar o Sistema de Gestão Ambiental dos Correios (SGAC). Seu principal objetivo é atingir um desempenho ambiental correto, por meio do gerenciamento dos impactos ambientais empresariais significativos e da busca contínua de melhoria de processos, serviços e produtos oferecidos pela ECT.

Participarão ainda desta atividade a Srª-  Maria Salete Bontorim Pampanini (1ª- Dama do município e funcionária da Agência de Correios na cidade) e representante dos Correios de Curitiba/Pr, além das Diretoras dos Colégios Porto Novo e Selbmann-Roseli G.da Silva Santos e Dulcimare Machado, acompanhados da Secretaria de Meio Ambiente e Turismo, Lúcia Santos e do Técnico Florestal do município Sr Gerson que fará o acompanhamento do plantio das mudas nas duas unidades nos bairros, onde orientará os alunos com uma pequena demonstração da Técnica para a realização do plantio e dos cuidados com a muda.

Espera-se que com essa atividade, possamos despertar e incentivar atitudes sustentáveis e de cidadania nos estudantes e que as escolas possam todos os anos realizar atividades concretas como essa com seus alunos, contribuindo para um Mundo Melhor.

Veja fotos do Desafio nas escolas que participaram:


Foto de José Carlos Leite de Oliveira.

Foto de José Carlos Leite de Oliveira.

 Foto de José carlos leite de Oliveira

Foto de José Carlos Leite de Oliveira.

Foto de José Carlos Leite de Oliveira.

Foto de José Carlos Leite de Oliveira.

Foto de José Carlos Leite de Oliveira.

Foto de José carlos Leite de Oliveira.

Foto de José Carlos Leite de Oliveira.

Foto de José Carlos Leite de Oliveira.

Foto de José Carlos Leite de Oliveira.

Foto de José Carlos Leite de Oliveira.

Foto de José Carlos Leite de Oliveira.

Foto de Herick Ricardo da Silva  Santos.

Foto de Herick Ricardo da Silva Santos.

Foto de Herick Ricardo da Silva Santos.

Foto de José Carlos Leite  de Oliveira.

Calçamento no Bairro Porto Novo-Maio 2012.

Não, não é sonho! O bairro Porto Novo realmente está com novas estruturas. Além de manilhamentos, o bairro agora está recebendo calçamento e ainda receberá a instalação de  lixeiras para uso coletivo da comunidade e arborização no canteiro central que dará uma aparência mais bonita á sede que é o Distrito de Porto Novo. A Prefeitura Municipal vem priorizando estruturar melhor os bairros para proporcionar qualidade de vida aos seus moradores. Embora existam pessoas que insistam em dizer que só no último ano por causa das eleições é que a prefeitura está realizando obras, o Prefeito João Manoel Pampanini afirma que sendo essa a sua primeira Gestão, fica feliz em poder realizar obras que vão de encontro aos anseios do povo.

Foto: Divulgação - Prefeitura Municipal de Adrianópolis/2012.

Realmente nesses quatro anos temos conseguido por em dia as contas do município e regularizamos muitas irregularidades que dificultavam ao município receber verbas para empreendermos obras como essa aqui do Porto Novo, da Vila Mota e da Vila Bela, todos esses locais mudaram de aparência depois do calçamento e manilhamento realizados. Uma benfeitoria como essa tem um custo e precisa de planejamento para realizá-la. Mas ficamos felizes em ver a satisfação dos moradores quando percebem que há seriedade nas nossas intenções quando levamos obras para a população mais distante e que não realizamos obras apenas na sede. Graças á Deus temos uma visão mais ampliada pois nosso povo merece essa benfeitoria e muito mais. Porém, investimos naquilo que está disponível e é possível, temos uma Gestão que se iniciou em 2009 á 2012 e o que for necessário e possível vamos realizar com certeza dentro desse tempo! Esse é o nosso compromisso, disse o Prefeito João Manoel Pampanini.

Foto: Divulgação - Prefeitura Municipal de Adrianópolis/2012.

Adrianópolis : Bairros mais Urbanizados.

A Prefeitura Municipal de Adrianópolis, deu início no ano de 2011 aos trabalhos de calçamento no Bairro de Vila Mota, que ganhará á partir de então uma nova característica, mais urbanizada, com  a preocupação de melhorar a estrutura do bairro, bem como  nas questões de redes de esgotos (manilhamentos) e evitar a poeira nas moradias, visto que é um bairro que está dentro da àrea de risco da antiga mineradora Plumbum.

Justamente por isso, a Prefeitura Municipal priorizou a ação e garante que outros bairros também serão beneficiados com as mesmas iniciativas que é como prevê a continuidade no bairro Porto Novo ainda para o ano de 2012.

De acordo com moradores do bairro, esse projeto, que já deveria ter acontecido a muitos anos, veio para trazer melhorias também para a vida e bem estar dos munícipes.

A Secretaria Municipal de Obras, deu inicio ao calçamento do Bairro Vila Mota e está contente com o andamento dos trabalhos que já modificaram a aparência do bairro de forma positiva.

 O valor total da obra é de R$ 393.000,00 (Trezentos e noventa e três mil reais) e, segundo o Prefeito João Manoel Pampanini, será usado de forma exclusiva para este fim.

 

Fotos: Lauro Olegário

Em entrevista à Folha de Adrianópolis, o Prefeito Municipal João Manoel Pampanini, disse que já decretou estado de emergência, e relatou que a situação em outros bairros mais afastados do centro ainda é desconhecido devido ao difícil acesso ou ao acesso nulo. De acordo com o prefeito, o governo do estado entrou em contato com a Prefeitura Municipal e disse que irá enviar ajuda na manhã desta terça-feira (2), para poder percorrer também os bairros e fazer o levantamento dos prejuízos.

A Folha de Adrianópolis fez um levantamento nas áreas alagadas e constatou que cerca de 140 casas foram atingidas, apenas no centro da cidade de Adrianópolis, mais de 200 pessoas estão desabrigadas, isso apenas no centro da cidade de Adrianópolis. Já há informações sobre dois outros bairros próximos ao centro, que também estão sofrendo muito com as cheias, Rocha e o Carumbé.

Pessoas que saíram de Curitiba e outras cidades rumo a cidade de Ribeira estão impossibilitadas de chegar até a cidade paulista, pois a ponte na divisa com o estado do Paraná está interditada. Muitos não conseguem achar nem um local para comer, pois restaurantes e bares estão submersos.

No Facebook foi criado um evento de mobilização que conta com mais de 320 pessoas (até o momento) pedindo ajuda de autoridades dos governos dos dois estados, para que ajudem as cidades de Adrianópolis e Ribeira em São Paulo.

No Facebook, Orkut, YouTube e outras redes sociais foram utilizadas para divulgar imagens das cheias, além de noticias que ajudaram a alertar pessoas que moram em outras cidades mas que tem ligações com moradores das cidades atingidas

Publicidade

Principais artigos

Grid List

A Prefeitura de Ribeira, lançou edital de concurso público n° 001/2016, com a finalidade de preencher 23 vagas para cargos de níveis médio/técnico e superior. Os ganhos são variados entre R$ 880,00 e R$ 5.200,05 em carga horária de 30 e 40 horas semanais.

Cargos
A organização, aplicação e correção do concurso público serão de responsabilidade da CONSESP – Concursos, Residências Médicas, Avaliações e Pesquisas Ltda e as vagas são para os cargos de Assistente Social, Biólogo, Coordenador de CRAS, Dentista, Enfermeiro Padrão, Engenheiro Agrônomo, Engenheiro Civil, Farmacêutico, Médico, Nutricionista, Agente Comunitário de Saúde, Atendente de CRAS, Atendente de Farmácia, Auxiliar de Dentista, Auxiliar de Educação Infantil, Técnico em Enfermagem e Técnico em RX.

Inscrições
As inscrições serão feitas exclusivamente via internet, no site www.consesp.com.br, até o dia 25 de abril de 2016 (horário de Brasília).

Taxas
Ensino Médio / Técnico R$ 40,00;
Ensino Superior R$ 60,00.

Provas
As provas objetivas (escritas) serão realizadas provavelmente no dia 22 de maio de 2016, em locais a serem divulgados por meio de Edital próprio que será afixado no local de costume da Prefeitura, por meio de jornal com circulação no município e do site www.consesp.com.br, com antecedência mínima de 3 dias.

Gabaritos
O gabarito oficial e a prova objetiva (teste de múltipla escolha) serão disponibilizados no site www.consesp.com.br, por meio da busca por CPF/RG, entre as 13h e 18h da segunda-feira subsequente à data da aplicação da prova, e permanecerão no site pelo prazo de 5 dias.

Validade
A validade do concurso público será de dois anos, contados da homologação final dos resultados, podendo haver prorrogação por igual período, a critério da Administração

Nome N. de vagas Valor de inscrição
ASSISTENTE SOCIAL R$ 60,00
BIÓLOGO R$ 60,00
COORDENADOR DE CRAS R$ 60,00
DENTISTA R$ 60,00
ENFERMEIRO PADRÃO R$ 60,00
ENGENHEIRO AGRÔNOMO R$ 60,00
ENGENHEIRO CIVIL R$ 60,00
FARMACÊUTICO R$ 60,00
MÉDICO R$ 60,00
NUTRICIONISTA R$ 60,00
AGENTE COMUNITÁRIO DE SAÚDE
EQUIPE 01, MICRO ÁREA 02
R$ 40,00
AGENTE COMUNITÁRIO DE SAÚDE
EQUIPE 01, MICRO ÁREA 03
R$ 40,00
AGENTE COMUNITÁRIO DE SAÚDE
EQUIPE 02, MICRO ÁREA 05
R$ 40,00
AGENTE COMUNITÁRIO DE SAÚDE
EQUIPE 02, MICRO ÁREA 03
R$ 40,00
ATENDENTE DE CRAS R$ 40,00
ATENDENTE DE FARMÁCIA R$ 40,00
AUXILIAR DE DENTISTA R$ 40,00
AUXILIAR DE EDUCAÇÃO INFANTIL R$ 40,00
TÉCNICO EM ENFERMAGEM R$ 40,00
TÉCNICO EM RX R$ 40,00

Neste sábado e domingo, Ribeira recebeu jogadores famosos do passado para celebrar em um amistoso o 106º aniversário da cidade e também seus times A e B entraram em campo.

No primeiro jogo, o Ribeira F.C. B enfrentou o Sub 17 do São Bento F.C. 

Com gols de Matheus Gaveta e Tiago do Açougue, Ribeira ganhou do  São Bento e quebrou uma zebra que vinha desde o começo da celebração. É a primeira vez que  time B vence no aniversário da cidade, a equipe foi treinada pelo Técnico Daniel Cristo que em entrevista ao A50 disse ter focado em jogadas ensaiadas de escanteio, no ataque e na defesa, e que foi justamente como eles acabaram ganhando. Daniel Cristo também treinou o time A, e enfatizou que a confiança e a amizade que existiu desde sempre foi a chave principal para o respeito e os resultados em campo. 

Final: Ribeira F.C. B 2 x 1 São Bento F.C. (Sub 17)

Ribeira F.C. B - Foto: José Armando Moreira.
São Bento F.C. Sub 17. Foto: José Armando Moreira

No segundo jogo, o Ribeira F.C. A enfrentou o time principal do São Bento F.C.

Foram momentos de aflição para o Ribeira, que mesmo depois de dois gols de Eder, o segundo um golaço, acabou perdendo para o São Bento.

Final: Ribeira F.C. A 2 x 4 São Bento F.C.

No jogo Master, os craques do Master Paulista enfrentaram o time Amigos do Adilson, esse jogo foi o auge do torneio que trouxe para o gramado do Estádio Djalma de Souza, os craques:

Gilmar, Polozi, Pires, Amaral e Ademir da Guia (Palmeiras)

Silas, Miller, Pavão, Vitor e Alexandre (São Paulo)

João Paulo, Zenon e Ezequiel (Corinthians)

Gaspar (Santos), Valdemir (Flamengo), Pereira (Guarani)

 

Ademir Alcântara (Inter/Benfica), Aladim e Dida (Coritiba),

Gralax (Corinthians), Perdigão e Gabirú (Inter)

Castor (Ponte) e Beto (Paraná)

Além de Adilson Batista de Adrianópolis que dispensa apresentações.


Fotos: José Armando Moreira.

 

Esse jogo foi o momento de todos poderem ir ao estádio, tirar fotos, pedir autógrafos e conversar com os seus ídolos que muito já tiveram na Selão Brasileira de Futebol.

Final: Master Paulista 6 x 1 Amigos do Adilson

 

Adrianópolis sobre as estrelas. Foto: Junior Krasota

História

"Esta é a pacata cidadezinha de Adrianópolis. Cidade tranquila do Interior... Porém aqui, a natureza nos premia com sua exuberante beleza natural, aqui se vive mais perto de Deus, pois pisamos nesse chão sem medo de ser feliz!"

 

“Andamos por este município e vemos sua evolução, seu progresso”.

 

 “É um lugar de paz e, aos 57 anos, já é uma cidade 'madura'”.

 

“Pedimos a Deus que, imbuídos deste espírito, as autoridades de Adrianópolis possam fazer esta cidade continuar crescendo. Adrianópolis é uma cidade, que conta com a sabedoria do povo e com a Mão de Deus para seguir trilhando o caminho do progresso e com esta celebração de aniversário, mais um passo será dado para o futuro”.

 

Vista aerea do Centro de Adrianópolis.
Vista aerea do Centro de Adrianópolis. Foto: Arquivo da Prefeitura Municipal de Adrianópolis.

A Administração Municipal busca o Crescimento Econômico Social combinado com a preservação da qualidade de vida do interior, o que é um privilégio para os seus moradores e um desafio constante para o Prefeito Municipal Alcides Rodrigues Bassete e sua equipe de trabalho.

No entanto, desafios não são problemas para um município que tem História de gente hospitaleira, amiga, habituada ao trabalho duro no Campo e na Zona Urbana. Quem visita Adrianópolis, sai daqui com vontade de retornar. Muitos voltam e fixam moradas e se tornam mais um de nós.

 

Data de Emancipação Político Administrativo:

25 de Julho de 1960.

Centro da Cidade de Adrianópolis/PR- Foto Lúcia Santos.

Acompanhe abaixo a parte Histórica deste Município que completa 57 anos de “Emancipação Político Administrativa no dia 25 de Julho de 2017”

O Município 

O Município possui área total de 1.349 km², está a uma altitude de

154m em relação ao nível do mar e distam 134,90 km da capital do estado. Está localizado na área Metropolitana de Curitiba.

Adrianópolis tem como municípios paranaenses vizinhos: a leste, Cerro Azul; a Sul, Tunas do Paraná e Bocaiúva do Sul. No Estado de São Paulo, os municípios de Ribeira, Itaoca e Iporanga constituem fronteira ao Norte, e Barra do Turvo constitui fronteira a Leste do município.                 

Vista aerea de Adrianópolis. Foto: Arquivo da Prefeitura Municipal de Adrianópolis.

Atividades produtivas:

 

Agricultura (subsistência) Milho, tubérculos, verduras, feijão, banana, mel.
Pecuária: Bovinos, Suínos.
Serviços Artesanais em palha e fibras e industrializados tais como: Rapadura, taiada, doce de laranja, doce de abóbora, farinha de mandioca, apressado, pamonha de milho verde, paçoca de amendoim, paçoca de carnes de Porco socadas no pilão e de frango caipira. Artesanato em palha, em madeira, em cipó, Taboa, bambu, mel e outros.
Extrativismo: Madeira em tora para papel e celulose (Pinus).
Comércio: Lojas, Mercados, Feiras de produtores, padarias e bares.

Leite - COPLAR.

FABRICA DE CIMENTO.

 

Indústria dominante:

 

Produtos minerais não - metálicos.

Produtos alimentares.

Indústria de mineração. Industria Cimenteira

 

População atual Urbana e Rural;

 

Total de Habitantes:

População 2010 

6.376 habitantes.

IBGE-2010

  • POPULAÇÃO URBANA: 2060 HABITANTES.
  • POPULAÇÃO RURAL: 4.316 HABITANTES.

 

IDH(M):

Seu Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDH) é de 0,683 o que lhe atribui a 374º colocação entre as 399 cidades paranaenses. 

 

Formação Administrativa

São encontradas diversas versões sobre o histórico do atual Município de Adrianópolis, sendo que a região é localizada num ponto de passagem, na divisa entre o Estado do Paraná e de São Paulo. Assim, a história de Adrianópolis aqui apresentada utiliza como base a observação de construções históricas e do histórico de ocupação da região como um todo.

Em 1624, foram abertas as primeiras estradas de Bocaiúva do Sul até

Ribeira, passando pela localidade de Epitácio Pessoa, o que deu início à ocupação local. Antes de 1920 estas terras pertenciam ao Estado de São Paulo, após a abertura das estradas as terras se tornaram um distrito de Bocaiúva do Sul.

Epitácio era uma vila composta por casas comerciais, igreja, residências, cartório e delegacia próprios.

Durante a Revolução Paulista de 1924, as tropas abriram uma nova estrada que também passava pelo Distrito de Epitácio Pessoa para o transporte de mercadorias. Esta estrada cruzava as terras pertencentes a Alcides Batista Dias, a fazenda Paranaí. Com a Revolução Getulista, em 1930, a região foi palco de lutas armadas e até hoje é possível encontrar sinais destas lutas ao encontrar fuzis usados na batalha revolucionária.

Foi também na época da Revolução de 1930 que o Distrito teve seu nome modificado, de Epitácio Pessoa, para Paranaí, por motivos políticos. 

Em 1932, utilizou-se a estrada que tinha sido utilizada como rede de ligação para tropas para construir a BR-476, que atualmente liga Adrianópolis a Curitiba.

Pouco tempo depois da construção da estrada, em 1937, uma mina local foi adquirida pelo pioneiro Dr. Adriano SEABRA da Fonseca, a primeira pessoa a instalar uma indústria de mineração no município. Nasceu, então, a Empresa Plumbum S.A, empresa de capital estrangeiro- (Grupo Francês) com uma filial no país. Em 1954, a Plumbum tornou-se uma fonte motora na indústria regional, sendo responsável por maior parte dos empregos registrados na região.

O Distrito de Paranaí foi desmembrado de Bocaiúva do Sul no dia 25 de julho de 1960, pela Lei Estadual n° 4245/60, tornando-se o Município de Adrianópolis, em homenagem ao fundador da Plumbum S.A. Sua instalação ocorreu em 15 de novembro de 1961, quando o primeiro prefeito, Eros Ruppel Abdalla, tomou posse.

Adrianópolis foi incluída na Região Metropolitana de Curitiba em 1995, pela Lei Estadual n° 11.096/95. No mesmo ano, a Plumbum encerrou suas atividades, com o fim do minério, o que causou uma crise econômica no município. Os empregados foram demitidos e muitos abandonaram a cidade em busca de melhores condições de vida. A Vila dos Operários é, até hoje, uma cidade fantasma. Comparando o recenseamento de 1991, antes do fechamento da empresa, e o de 1997, após o fechamento, pode-se notar uma taxa de crescimento de -1,15%.

Porém a expectativa é de que num futuro não muito distante o crescimento demográfico volte a crescer, pois temos expectativas de desenvolvimento sócio  - econômico para o município que deverá ofertar oportunidades de emprego e renda e com isso, muita gente deverá instalar-se  novamente em Adrianópolis.

Sob um enfoque não passadista, mas de valorização do elemento humano, da tradição e da estreita relação de Adrianópolis como tempo presente, a evocação do passado tem aqui o papel de condução explicativa e de reflexão sobre desafios futuros, a fim de prospectar dias melhores para os administradores, profissionais, funcionários e para todo o povo, razão de ser desta cidade nos seus 57 Anos de serviços prestados à sociedade.

 

Adrianópolis nos seus 57 Anos

A IMPORTANCIA DE SE FAZER  um “Resgate Histórico” dos diversos fatos que marcaram essa trajetória desde o início até os dias atuais tem uma razão simples: “História se Registra”. 

Ela nos importa hoje, mas muito mais á futura geração, amanhã.

Sejamos um pouco altruístas e realistas: O que seria da História sem registro? Imaginemos dois extremos: Se nunca tivessem registrado a evolução humana, conquista do espaço pelo homem ao pisar na lua pela primeira vez, a arquitetura o urbanismo, a geologia, a geografia, a agronomia e tantos outros fatos decisivos que ocorreram na História, certamente hoje não teríamos parâmetros, nem história, nem identidade. Que mundo seria o nosso?

É por isso que Adrianópolis precisa ter o seu registro. Por razões simples e ao mesmo tempo complexas. 

Somos nós, Pessoas, sociedade e comunidades, as peças fundamentais neste processo de organizar a construção dessa História no dia - dia. Não há História se estas não forem registradas.

 

Tempos Modernos: Adrianópolis procura demonstrar sua história de forma fiel, um registro honesto e importante do que fomos, do que somos e do que queremos ser, em todos os níveis de cidadania. 

Nas dezenas de páginas desta publicação você vai encontrar registros através de imagens que mostram como o município de Adrianópolis evoluiu em vários sentidos, desde o desenvolvimento social até temas mais específicos, como a acessibilidade

 

Acreditar que nós podemos muito. Nós podemos transformar.  

O Município de Adrianópolis ano a ano, busca caminhos e propostas para que sejamos destaque local, por um Estado e um País melhores. Mas se pensarmos globalmente, por um “Mundo Melhor, mais justo e mais igualitário.”

 

Adrianópolis - Uma Cidade que deu certo!

Adrianópolis é uma Cidade que tem por Unidade Mantenedora o Governo local através da Prefeitura Municipal - atual Prefeito SR: Alcides Rodrigues Bassete "Cid do banco" e vice-prefeito Sr. Vandir veterinário, sendo vinculado ao Governo do Estado do Paraná, e faz parte da Região Metropolitana de Curitiba. O Paraná conta com 399 municípios e todos têm uma história que evidenciam seu valor, porém para nós Adrianopolitenses, Adrianópolis é inigualável! Ninguém em nossa concepção supera a admiração o amor e o respeito que temos por nossa Cidade.

Podemos afirmar que Adrianópolis hoje, é um gigante que oferece grandes possibilidades de desenvolvimento sócio-econômico e por sua vontade de crescer ainda mais! 

Foram mais de cinco décadas de trabalho intenso, para se chegar ao que somos hoje. E estamos dispostos a continuar trabalhando intensamente para alcançarmos os objetivos propostos de forma a concretizá-los para o bem comum da atual e das futuras gerações.

Trabalhos importantes já foram realizados para definir a cara de nossa sociedade e de planejamento integrado para um desenvolvimento mais equilibrado e fundamental para o avanço econômico e social de Adrianópolis. Obras que se diga novamente tiveram a contribuição de profissionais competentes e todos foram essenciais para que isto se concretizasse, porém, nota-se que nos dias atuais, esse desenvolvimento abrangente a atual situação do município, conta com grandes expectativas de um futuro promissor, de desenvolvimento, de comprometimento das autoridades locais e de participação popular, nota-se que o povo, tem acompanhado diretamente esse desenvolvimento tão sonhado. É dessa importância e desse avanço popular que temos orgulho em citar, pois essa é a intenção da Gestão Atual: Trazer para as decisões a participação de todos os seguimentos da sociedade. Entendemos que ninguém caminha ou cresce sozinho. Queremos crescer juntos, conquistar juntos, comemorar juntos todas as benfeitorias.

Sabe-se que com o Fechamento da Empresa de Mineração PLUMBUM S/A no ano de 1995, o Município de Adrianópolis enfrentou uma das piores crises econômicas da época, muitos desafios, pois acabava com o fechamento da empresa que era a maior força econômica do município, famílias inteiras que tinham seu sustento aqui foram  pra outras localidades em busca de trabalho e de sobrevivência, á cada semana saia uma mudança da Vila Operária, “Panelas de Brejaúvas”. A convivência diária com a comunidade que era constante, tudo acabou. Mas o Município continuou sua trajetória com a população que aqui se manteve... (Verdadeiros guerreiros que seguraram com muita garra a desestabilidade econômica da época).

Mineradora Plumbum.
Mineradora Plumbum. Foto: Arquivo Publico Municipal

Hoje, superados esses desafios com muito trabalho, muita vontade de vencer... Temos caminhado bastante, mas os desafios ainda existem! Porém, temos uma característica muito especial que só os que acreditam possuem: - A esperança, a fé e a certeza de que no amanhã haveremos de superar as expectativas, pois é para essa possibilidade que estamos voltados!

Para um futuro promissor, na certeza do pleno desenvolvimento social e humano.

Sabemos que Adrianópolis tem novos caminhos a vencer, mas, apesar das intempéries vividas, conclui-se que essa evolução já é impressionante. Completar 57 anos já é por si só, uma data emblemática, pois representa um marco para nossa História.  Para Adrianópolis, essa idade representa um conjunto de conquistas. 

Pretendemos que Adrianópolis alcance sua total plenitude no cumprimento de sua missão e trabalhamos para que isso aconteça. Assim, sem sombra de dúvidas, somos uma referência para os profissionais e a sociedade que construíram e continuam construindo a Adrianópolis de amanhã.

Esperamos de forma positiva o progresso para toda a nossa população, é pra isso que estamos trabalhando incansavelmente. O objetivo é AVANÇAR sempre e a Meta é VENCER!  Temos propostas para a instalação de Várias Fábricas de cimento no município, dentre elas: Supremo, Votorantim, Plumbum, dentre outras, e com esses empreendimentos concretizados, significa que teremos estabilidade econômica e garantia de qualidade de vida com dignidade, isto é, geração de emprego e renda para toda a população do município e região, fortalecendo o desenvolvimento e o progresso sustentável em Adrianópolis e no Vale do Ribeira. A perspectiva de que teremos um futuro promissor já é realidade e de que seremos a “Capital do Cimento”, é uma certeza!

 

Inovações tecnológicas viram salto em 57 anos de Adrianópolis:

 

Imagine a vida sem internet. As notícias demorariam intermináveis horas para chegar ao seu conhecimento. Ter notícias de um parente ou amigo distante dependeria de uma boa letra sobre o papel da carta que levaria dias para ser entregue ao destinatário, mesmo com toda a eficiência dos correios.

E se também os telefones não existissem com uma conexão instantânea ou a praticidade de levá-los no bolso? E se não houvesse energia elétrica, esgoto, água encanada, estradas pavimentadas ligando todos os bairros á sede ou nossa cidade com a BR476 asfaltada com acesso á Capital e á outras cidades? A gente nem se dá conta, mas não faz tanto tempo assim que nossa vida ficou muito mais fácil...

Voltemos o relógio da História para meados da década de 30. Em Paranaí as inovações tecnológicas chegavam a conta-gotas. Muitas coisas desta natureza talvez tenham sido trazidas na época da Revolução pelo exército em 1930/1932. 

Tecnologia pra muitos que viveram nesse tempo, nesta região, não existia. 

A produção local de modernos e revolucionários aparatos sequer era imaginada. O Estado, espremido entre duas potências políticas, São Paulo e Rio Grande do Sul, se mantinha na pacata e inofensiva cordialidade de ser uma espécie de quintal do vizinho do Norte. As novidades técnicas serviam basicamente para melhorar o desempenho do estado agrícola que ainda não tinha aprendido a andar sozinho.

O que, então, separa aquele “Paranaí Rural” de mais de 57 anos atrás dos dias atuais é impressionante! 

Houve ainda nos últimos anos e ainda há ofertas de cursos de Educação á Distância com Pólo em Adrianópolis através do ITDE, implantação de Tele Centros na sede e em vários bairros inclusive possibilitados na Gestão Atual, que fez inaugurações de vários tele centros em bairros que jamais poderíamos imaginar. 

Hoje em Adrianópolis, sede e bairros, as escolas estaduais, contam com laboratórios de informática. Ficamos felizes com o grande passo que tivemos e com a acessibilidade á maioria das camadas sociais, proporcionando uma infraestrutura física que melhora a qualidade de vida da população e dos estudantes. Até porque, vimos evolução em lugares onde não se podia imaginar que isso seria possível e foi! Sabemos que temos muito ainda o que avançar e vamos avançar! Porque Adrianópolis trilha um caminho planejado e sabe para onde vai e aonde quer chegar!

Sem deixar de falar de uma das maiores obras já realizada nesses 57 anos de história, que foi a pavimentação asfáltica da BR-476 que antes era um caos e hoje incomparável!

 

Vejamos nas imagens abaixo, por exemplo, o antes e o depois da BR-476 que liga Adrianópolis á Curitiba:

BR 476 - Há tempos atrás. Foto: Arquivo.
BR 476 - Há tempos atrás. Foto: Arquivo publico.

 

Situação da BR 476 em tempos de chuva:

Se a situação era assim, nessa época em que as pessoas já tinham carro, e também já podíamos contar com a linha de ônibus da Empresa Cerro Azul que ainda permanece aqui na linha Adrianópolis á Curitiba, imaginem em tempos anteriores a este! Muita gente que necessitou ser hospitalizada por motivo de doenças ou parto perderam  a vida nesta dificuldade toda  e houve até quem nasceu na estrada! Tempos difíceis! Muita gente nossa morreu acreditando e sonhando que um dia essa situação mudaria! E realmente Mudou! Pena que muitos não ficaram pra ver!

Veja abaixo a realidade atual. Depois de muita luta, enfim o asfalto chegou para facilitar a vida de todos!

Mais uma conquista de nossa gente!

Mais um marco importante na história de nossa terra!

BR-476 Asfalto nos dias atuais. Foto: Lúcia Santos.
BR-476 Asfalto nos dias atuais. Foto: Lúcia Santos.

 

SUPREMO SECIL CIMENTO 

Produz Cimento Portland ensacado e a granel e atende toda a região Sul do Brasil, além do estado de São Paulo.

Conta com um rigoroso controle de qualidade e realiza ensaio diariamente em seus produtos, tudo para garantir um cimento de excelente qualidade e rendimento.

A Supremo também se destaca pelo nível de excelência no atendimento, buscando relações mais próximas e duradouras com os parceiros comerciais.

È por essas e outras conquistas que com certeza ainda virão, que Comemoramos com alegria esses 57 Anos de Emancipação Político Administrativo e convidamos  o Povo de Adrianópolis e todos os amigos que como nós aprenderam a amar e respeitar esse lugarzinho tão especial que cativa a todos com suas exuberantes belezas Naturais , com suas características  inigualáveis e inconfundíveis e que nos faz perceber que vivemos no melhor lugar do mundo e que viver aqui não tem preço!

Foto: Reprodução - Supremo Secil Cimentos
Foto: Reprodução - Supremo Secil Cimentos

PARABÉNS ADRIANÓPOLIS!

Parabéns ao nosso povo merecidamente que aqui se instalaram ajudando a construir nossa História!

Parabéns á todas as Autoridades que já lutaram e aqueles que continuam lutando por uma cidade ainda mais fortalecida, sustentável e de sucesso! De forma muito especial, aos seus administradores: 

Sr. Eros Ruppel Abdala - 1° Legislatura;

Sr. Alcy Mello 2° e 4° Legislatura;

Sr. Loiziel Ruppel Bittencourt popular Zuza  - 3° Legislatura;

Sr. Osmar Maia - 5°, 7° e 11° Legislaturas;

Sr. Agertino Milani - 6° Legislatura;

Sr. Teodoro Marques de Oliveira – 8° e 10° Legislaturas;

Sr. José Carlos dos Santos (SUKITA) - 9° Legislatura;

Sr. João Manoel Pampanini - 12° e 13° Legislaturas;

Sr. Alcides Rodrigues Bassete 14° Legislatura.

Totalizando  9 administradores  que com fé e confiança desempenharam um trabalho  em prol do desenvolvimento sócio econômico, acreditando em dias melhores e nas conquistas tão sonhadas por nossa gente!